Eletrocloração salina

O que é a eletrocloração salina?

A eletrólise salina é um método de tratamento de água em que o agente oxidante, o cloro, é gerado diretamente a partir da água a tratar por um processo eletrolítico. Esta técnica evita a necessidade de adicionar produtos químicos à água em tratamento, eliminando assim a sua manipulação e armazenamento. A eletrólise salina ajusta-se especialmente ao tratamento de água de piscinas, oferecendo um sistema simples e eficaz. Oferece inúmeras vantagens relativamente ao tratamento com produtos químicos. A água obtida é de qualidade superior, muito mais saudável, já que não contém aditivos químicos e apresenta uma cristalinidade característica. O cloro resultante é completamente inodoro e incolor. O sistema funciona ainda de forma constante e automática, eliminando o custo com produtos de tratamento.El sistema opera además de forma constante y automática, eliminando el coste de productos de tratamiento. Un clorador salino cuenta con materiales de calidad para así asegurar un óptimo mantenimiento de las piscinas, que es mucho más económico en caso de los  sistemas de electrólisis salina.

Como funciona a eletrocloração salina?

Esta técnica de cloração utiliza a força de fontes de potência comutada e de células bipolares. Estes dois complementos são o diferencial no mercado com respeito a outros tipos de cloradores salinos por diferentes razões:

Ao utilizar uma fonte de potência comutada aumentamos exponencialmente o rendimento da máquina, diminuindo os custos de eletricidade e maximizando a produção de cloro. Este tipo de sistema também liberta uma quantidade mínima de calor, permitindo a sua instalação em áreas restritas ou mais problemáticas. Além disso, a cloração é realizada por meio de cloradores pequenos e leves que facilitam o seu transporte e instalação, ao mesmo tempo que permitem economizar espaço.

Usamos células bipolares que possuem um rendimento muito superior ao das células monopolares convencionais. Tal permite uma quantidade maior de cloro por ampere, aumentando a sua eficiência e rapidez no procedimento.

O seu design possui grandes vantagens a nível eletroquímico e mecânico. O seu revestimento catalítico permite uma resistência elétrica muito leve, ao mesmo tempo que apresenta uma grande resistência mecânica. Graças a tal, este processo de cloração necessita de uma quantidade menor de corrente, proporcionando uma economia notável.

Tudo isto possibilita que a Innowater apresente os seus equipamentos de controlo e dosagem wireless, tanto de pH como de cloro, de maneira eficiente para alcançar o melhor equilíbrio na água da piscina. Um pH bem regulado permite economizar em CI2 e evitar inconvenientes como irritação nos olhos, surgimento de algas ou oxidação do equipamento da piscina.

Quais são as principais vantagens da eletrocloração salina?

Capacidade de economia de tempo e dinheiro a longo prazo
O seu sistema autónomo de cloração salina permite economizar cerca de 80% em manutenção e 100% na compra de produtos químicos, que deixam de ser necessários. Além disso, a otimização da sua corrente, graças ao revestimento catalítico das suas células bipolares, é muito menor e mais eficiente. Depois da amortização do equipamento, o custo de produção representa apenas 10% do custo de um sistema de cloração convencional. A instalação, inclusive em piscinas grandes, é muito simples e não exige obras.
Melhora o rendimento:
Devido à ausência de elementos dissipativos e ao seu modo de regulação, as fontes comutadas apresentam um rendimento muito mais elevado do que uma fonte linear, que pode superar os 95%. Portanto, os nossos cloradores salinos consomem menos eletricidade e produzem mais cloro.
Protege o ambiente e a saúde
Por ser uma cloração salina, com base no princípio do mar, mas com nove vezes menos quantidade de sal, não possui substâncias químicas nocivas nem sequer no momento do escoamento. Por outro lado, elimina as emissões de CO2 na atmosfera, o que acontece com os cloros convencionais. Além disso, para um uso doméstico em piscinas, protege a pele e os olhos de forma eficaz graças às fortes condições de oxidação da célula bipolar que são capazes de destruir as cloraminas que não são eliminadas pela cloração tradicional.
Melhora a regulação
As fontes comutadas permitem um controlo muito preciso da potência de saída. Os nossos elétrodos trabalham sempre no ponto ótimo da curva de potência e a produção de cloro é modulada quando se interrompe periodicamente o tempo de carga. Estas duas características, impossíveis em fontes convencionais, têm como consequência um aumento considerável da vida dos elétrodos. Trabalhando menos tempo para produzir uma quantidade maior de cloro.
Outras vantagens
A eliminação do calor é notável graças às fontes comutadas. Além disso, o tamanho dos cloradores salinos é mais pequeno e mais leve, o que facilita o transporte e a instalação. O controlo de potência é totalmente eletrónico, sem necessidade de relés ou interruptores expostos à corrosão.
Português

Este sitio web utiliza cookies propias y de terceros para garantizar una mejor calidad de servicio. Si continúa navegando, consideramos que aceptas su uso. Puede obtener más información o conocer como cambiar la configuración en nuestra Política de Cookies.

Los ajustes de cookies de esta web están configurados para "permitir cookies" y así ofrecerte la mejor experiencia de navegación posible. Si sigues utilizando esta web sin cambiar tus ajustes de cookies o haces clic en "Aceptar" estarás dando tu consentimiento a esto.

Cerrar